Juíza discute projeto ‘Mãe Consciente’ em lançamento de programa sobre a primeira infância

A juíza Soraya Maranhão, que integra a Coordenadoria Estadual da Infância e Juventude (CEIJ), falou sobre o projeto “Mãe Consciente” durante o lançamento do programa Primeira Infância Cidadã, nessa segunda-feira (5), em Maceió. O projeto busca orientar mulheres que desejam entregar seus filhos recém-nascidos para adoção.

“O ‘Mãe Consciente’ tem tudo a ver com a proteção da criança na primeira infância. O objetivo é fazer com que o recém-nascido tenha o seu direito familiar assegurado”, afirmou a magistrada, ressaltando que a entrega voluntária, ao contrário do abandono, não configura crime. O projeto começou em União dos Palmares e está sendo expandido para todo o estado.

Durante o evento, a juíza também destacou a importância do programa “Primeira Infância Cidadã”, da Prefeitura de Maceió. “O poder público tem que dar bastante atenção a esse período. A primeira infância é importante para o desenvolvimento intelectual, social e afetivo da criança. Quanto mais estímulos ela tiver nessa fase, melhor será para sua vida adulta”, afirmou.

O programa da Prefeitura tem como proposta acompanhar o desenvolvimento de crianças de 0 a 6 anos, além de facilitar o acesso de gestantes às políticas e serviços públicos de que necessitam.

Ascom – 06/08/2019

(Visited 1 times, 1 visits today)